a queda de Êutico

A QUEDA DE ÊUTICO

Compartilhe este estudo bíblico

O QUE VEREMOS NESTE ESTUDO SOBRE A QUEDA DE ÊUTICO 

Neste estudo sobre a queda de Êutico examinaremos esta passagem registrada no livro de Atos dos apóstolos, que mostra a queda fatal de um jovem, assim como sua ressuscitação que ocorreu depois da oração de Paulo. Também examinaremos alguns detalhes que podem ser explorados mediante análise dos versículos do texto a seguir:

TEXTO: At 20: 7-12

7-E no primeiro dia da semana, ajuntando-se os discípulos para partir o pão, Paulo, que havia de partir no dia seguinte, falava com eles; e prolongou a prática até à meia-noite.
8-E havia muitas luzes no cenáculo onde estavam juntos.
9-E, estando um certo jovem, por nome Êutico, assentado numa janela, caiu do terceiro andar, tomado de um sono profundo que lhe sobreveio durante o extenso discurso de Paulo; e foi levantado morto.
10-Paulo, porém, descendo, inclinou-se sobre ele e, abraçando-o, disse: Não vos perturbeis, que a sua alma nele está.
11-E subindo, e partindo o pão, e comendo, ainda lhes falou largamente até à alvorada; e assim partiu.
12-E levaram vivo o jovem, e ficaram não pouco consolados.
 

Essa passagem que registra a queda de Êutico, ocorre na época em que Paulo se propõe a fazer uma viagem em direção à Macedônia e Acaia. Essa viagem durou entorno de um ano. Durante ela, os discípulos recolheram ofertas para os cristãos necessitados, especialmente os moradores de Jerusalém.

Depois da ida à Macedônia, partiram para a Grécia, viagem que demorou três meses. Estes meses na Grécia podem ter coincidido com o inverno naquela região. Além disso, foi quando Paulo escreveu a carta aos romanos. Depois disso, a intenção era ir até Jerusalém.

Romanos 15:25,26: Mas agora vou a Jerusalém para ministrar aos santos. Porque pareceu bem à macedônia e à Acaia fazerem uma coleta para os pobres dentre os santos que estão em Jerusalém.

Os acompanhantes de Paulo eram irmãos que representavam as igrejas que contribuíram com ofertas aos irmãos de Jerusalém.

1 Coríntios 16:3,4: E, quando tiver chegado, mandarei os que por cartas aprovardes, para levar a vossa dádiva a Jerusalém. E, se valer a pena que eu também vá, irão comigo.

Paulo e sua comitiva, portanto, chegaram à cidade de Trôade. Lucas foi testemunha ocular de tudo. Vamos examinar cada versículo. 

7-E no primeiro dia da semana, ajuntando-se os discípulos para partir o pão, Paulo, que havia de partir no dia seguinte, falava com eles; e prolongou a prática até à meia-noite. 

O primeiro dia da semana aqui é o mesmo do da ressurreição de Jesus, isto é, no domingo. Sabemos, porém, que o dia judaico era iniciado na parte da tarde.

Mateus 28:1: E, no fim do sábado, quando já despontava o primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro. 

Marcos 16:1,2: E, passado o sábado, Maria Madalena, e Maria, mãe de Tiago, e Salomé, compraram aromas para irem ungi-lo. E, no primeiro dia da semana, foram ao sepulcro, de manhã cedo, ao nascer do sol.

Lucas 24:1: E no primeiro dia da semana, muito de madrugada, foram elas ao sepulcro, levando as especiarias que tinham preparado, e algumas outras com elas.

João 20:1: E no primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao sepulcro de madrugada, sendo ainda escuro, e viu a pedra tirada do sepulcro. 

Em função da ressureição de Jesus ter sido no primeiro dia da semana, os cristãos da igreja primitiva passaram a se reunir para adoração, orações e ajudar aos pobres, viúvas e necessitados, neste dia. Os pais da igreja consideravam esse primeiro dia como “o dia do Senhor”.

1 Coríntios 16:2: No primeiro dia da semana cada um de vós ponha de parte o que puder ajuntar, conforme a sua prosperidade, para que não se façam as coletas quando eu chegar.

1 Coríntios 10:16: Porventura o cálice de bênção, que abençoamos, não é a comunhão do sangue de Cristo? O pão que partimos não é porventura a comunhão do corpo de Cristo? 

1 Coríntios 11:20: De sorte que, quando vos ajuntais num lugar, não é para comer a ceia do Senhor. 

Apocalipse 1:10: Eu fui arrebatado no Espírito no dia do Senhor, e ouvi detrás de mim uma grande voz, como de trombeta.

Atos 2:42: E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações.

É importante destacar que nesta situação observamos que Paulo e os discípulos precisavam partir na manhã seguinte, no dia imediato. É possível que essa contagem de dias da semana possa ter sido de acordo com a forma grega, ou seja, se iniciando no domingo à noite e a partida sendo segunda pela manhã.

O partir do pão referido neste versículo está associado à celebração da ceia do Senhor.

Atos 2:46: E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração.

8-E havia muitas luzes no cenáculo onde estavam juntos.

Como não havia energia elétrica naquela época, era costume se reunirem sob luzes de lamparinas à óleo. O local de reunião, chamado cenáculo era bem frequentado pelos irmãos ou até servia de moradia para os cristãos. 

Atos 1:13: E, entrando, subiram ao cenáculo, onde habitavam Pedro e Tiago, João e André, Filipe e Tomé, Bartolomeu e Mateus, Tiago, filho de Alfeu, Simão, o Zelote, e Judas, irmão de Tiago.

9-E, estando um certo jovem, por nome Êutico, assentado numa janela, caiu do terceiro andar, tomado de um sono profundo que lhe sobreveio durante o extenso discurso de Paulo; e foi levantado morto. 

Analisando os versículos explorados neste estudo sobre a queda de Êutico, veremos que O culto teve hora para começar, mas se estendeu até a meia-noite. Talvez Paulo tenha se empolgado tanto que nem viu a hora passar. O salão era no terceiro andar, cheio de gente e muitas lâmpadas carregadas pelas pessoas, a fim de iluminar o local. Também havia lá uma janela para ventilação. Pelo horário que já se passava, era esperado que os presentes já tivessem louvado, adorado, orado e por fim, só estavam ouvindo o sermão de Paulo.

Naquele local havia um jovem chamado Êutico que estava sentado no parapeito da janela onde o culto ocorria. A bíblia não fala muito sobre este jovem, mas poderíamos pensar várias possibilidades a seu respeito, como por exemplo, um rapaz displicente que ao invés de estar onde todos se encontram, preferia estar onde bem entendesse, sem se preocupar muito com as consequências. Não parece com muitos jovens de hoje?

Talvez ele tivesse sido alertado a não se sentar naquele lugar, pois poderia ser perigoso, já que se tratava do terceiro andar. Também podemos conjecturar que ele poderia ser uma pessoa teimosa, assim como muitos são hoje.

Podemos, da mesma forma, pensar na possibilidade de Êutico ser como muitas pessoas, que pensam apenas em estar numa posição de descanso, não só nos cultos, como também no ônibus, na escola e, até mesmo, no trabalho. Por isso, escolheu o parapeito da janela para se apoiar em descanso. Será que não é assim que ocorre com muitos?

É possível pensar também, que esse jovem apenas ia para os cultos sem saber da real importância dele, ou que a pregação não serviria para ele, mas, sim, para os outros e que aquele seria apenas mais um culto de domingo.

Uma outra possibilidade que encontramos, para ele querer se sentar na janela, é para que pudesse contemplar todo movimento que ocorria do lado de fora, quem conversava, quem namorava, quem se divertia. Talvez ele gostasse de ver quem ia ou quem vinha. Pode ser até que ele estivesse assistindo todo sermão de Paulo, mas se sentiu cansado e resolveu olhar para fora e viajar em seus pensamentos e se perguntar se onde ele estava era o lugar certo, se não era melhor ele está do lado de fora.

Pelo fato desse jovem talvez não estar mais prestando atenção no culto, acabou entrando em um sono, e por esse motivo, ocorreu a queda de êutico. Muitos caem por se encontrarem em um sono espiritual profundo. Também caem por se encontrarem na mesmice ou no comodismo. Também podem cair por terem recebido uma oportunidade na vida profissional que acabou proporcionando o afastamento das coisas de Deus.

10-Paulo, porém, descendo, inclinou-se sobre ele e, abraçando-o, disse: Não vos perturbeis, que a sua alma nele está. 

Com a queda de Êutico da janela, no alto do prédio onde se encontravam, o pior aconteceu. O jovem faleceu. E é interessante que a bíblia, muitas vezes, compara a morte com um sono e este com as trevas, com o pecado e o fracasso. Cuidado com o sono da morte, desperta-te!

Efésios 5:14: Por isso diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá.

A queda de Êutico despertou a correria da igreja e Paulo correu para vê-lo. A multidão ficou desolada e Paulo o pegou e o abraçou. Quando alguém cai, devemos abraçar. Paulo disse: não vos perturbeis que a vida nele está.

Lucas havia descrito que o jovem tinha morrido. Então por que Paulo falou isso? Êutico morreu, mas ressuscitou. O Senhor lhe concedeu uma segunda chance e agora poderia testemunhar o milagre de Cristo em sua vida. Outros milagres como este estão registrados na bíblia. 

1 Reis 17:21: Então se estendeu sobre o menino três vezes, e clamou ao Senhor, e disse: Ó Senhor meu Deus, rogo-te que a alma deste menino torne a entrar nele.

2 Reis 4:34: E subiu à cama e deitou-se sobre o menino, e, pondo a sua boca sobre a boca dele, e os seus olhos sobre os olhos dele, e as suas mãos sobre as mãos dele, se estendeu sobre ele; e a carne do menino aqueceu.

Mateus 9:24:Disse-lhes: Retirai-vos, que a menina não está morta, mas dorme. E riam-se dele. 

Atos 9:40-42: Mas Pedro, fazendo sair a todos, pôs-se de joelhos e orou: e, voltando-se para o corpo, disse: Tabita, levanta-te. E ela abriu os olhos, e, vendo a Pedro, assentou-se. E ele, dando-lhe a mão, a levantou e, chamando os santos e as viúvas, apresentou-lha viva. E foi isto notório por toda a Jope, e muitos creram no Senhor.

11-E subindo, e partindo o pão, e comendo, ainda lhes falou largamente até à alvorada; e assim partiu.
 

É interessante notar que esse incidente relacionado a queda de Êutico não abalou Paulo. Em qualquer outro lugar onde tenha ocorrido um acidente de quase morte, as pessoas ficam abaladas e não conseguem mais realizar suas atividades por um longo tempo.

Paulo, porém, já tinha a certeza de que Deus cuidaria de tudo. Será que nós estamos entregando todos os nossos anseios ao Senhor e descansando nEle?

Salmos 37:5: Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele o fará.

Salmos 27:14: Espera no Senhor, anima-te, e ele fortalecerá o teu coração; espera, pois, no Senhor. 

Provérbios 3:5: Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento.

Além do mais, era domingo e Paulo teria que partir no dia seguinte, por isso aproveitou o máximo possível para doutrinar a igreja. Paulo também sabia que não podemos esquecer de que temos que buscar ao Senhor enquanto se pode.

2 Timóteo 4:2: Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina.

Isaías 55:6: Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto.

12-E levaram vivo o jovem, e ficaram não pouco consolados.

Podemos compreender o quão maravilhoso deve ter sido estar presente nesse momento em que um milagre dessa natureza aconteceu. As pessoas devem ter ficado muito gratas e alegres pela ressureição do menino. Além disso, serviu de reconhecimento da grandeza de Deus e de que o que Paulo estava falando não era apenas meras palavras. Testemunhar um milagre faz com que a fé possa ser renovada. Deus sabe de todas as coisas e isso poderia ser o que aquela igreja estava precisando.

CONCLUSÃO 

A queda de Êutico, bem como sua morte e ressurreição servem de grande lição para os crentes em Cristo. Principalmente porque muitos estão em uma situação análoga a essa. Muitos não sabem seu lugar e pensam em retornar às práticas antigas. Temos que compreender que lá fora representa o lugar de onde já saímos.

Colossenses 3:1: Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus.

Efésios 5:8: Porque noutro tempo éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor; andai como filhos da luz.

2 Coríntios 5:17: Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.

Romanos 12:2: E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.

É bem verdade que estaremos sempre cercados de tentações do lado de fora, porém Deus sempre nos ajudará a nos mantermos libertos dessas coisas. 

João 8:36: Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.

Hoje, muitos apresentam essas características que foram ressaltadas, principalmente por não estarem ligados na videira que é Jesus (Jo 15:5). Muitos preferem conversar, olhar no celular, sair constantemente a prestar culto ao Senhor e aprender da palavra.

Infelizmente, quando se tenta corrigir isso de algumas pessoas, estas se revoltam e não aceitam as correções. Elas apresentam respostas ríspidas na ponta da língua. Mas devemos ter em mente que o motivo de estarmos na igreja é pela busca da graça e da salvação vindas do nosso Senhor e salvador Jesus Cristo. Devemos aproveitar o momento e adorarmos a Deus.

Lamentavelmente, muitos ainda se encontram na janela da desatenção, da conversa ou apenas se encontram de corpo presente. O senhor quer que você saia da janela e dê ouvidos a palavra de Deus; se comprometa com os planos de Deus; foque nas coisas de dentro; esqueça as coisas do mundo.

Para concluir este estudo sobre a queda de Êutico, temos que entender que devemos ter cuidado com a janela para não sermos seduzidos pelas coisas lá de fora. O diabo está sempre bramando ao nosso derredor. Ele está do lado de fora da janela tentando destruir qualquer um que esteja olhando demais para fora (1Pe 5:8). Devemos ter cuidado com a queda, pois ela pode nos matar. Desperta deste sono, igreja!

Que este estudo sobre a queda de Êutico possa ter sido útil para tua vida espiritual. Que Deus te abençoe em Cristo Jesus.

Para mais estudos como este da queda de Êutico, acesse a home do nosso site, aqui.

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *