dracma perdida

DRACMA PERDIDA

Compartilhe este estudo bíblico

O QUE VEREMOS NO ESTUDO SOBRE A DRACMA PERDIDA

 

Neste estudo sobre a dracma perdida veremos o contexto em que Jesus tratou não só desta como das outras parábolas que estão correlacionadas. Neste sentido, compreenderemos que a dracma perdida está associada a o que de mais valor temos, que é a nossa salvação dada por Deus. Além disso, vamos compreender a necessidade de encontrarmos nossas “dracmas” perdidas. Vejamos o texto:

 

LUCAS 15:8-10

8-Ou qual a mulher que, tendo dez dracmas, se perder uma dracma, não acende a candeia, e varre a casa, e busca com diligência até a achar?
9-E achando-a, convoca as amigas e vizinhas, dizendo: Alegrai-vos comigo, porque já achei a dracma perdida.
10-Assim vos digo que há alegria diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende.

Antes de falarmos sobre o estudo da dracma perdida precisamos contextualizar a parábola de Jesus. Na realidade a parábola da dracma é uma de três parábolas que Jesus usou para confrontar os fariseus que estavam criticando o Senhor porque este se assentava com pessoas, que segundo eles, eram de má fama.

 

Por meio destas parábolas conseguimos compreender que Jesus, chamado de o filho do homem, veio para buscar e salvar os que estavam perdidos.

 

Lucas 19:10: Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido.

Temos que compreender, porém, que quando a bíblia diz que ele veio salvar os que estavam perdidos, não está se restringido às pessoas daquela época. Todos nós fomos impactados com seus ensinamentos que conduzem a uma vida plena. Além disso, existem muitos que estão perdidos e que precisam ter suas vidas alcançadas pelo poder do Senhor.

 

Por esse motivo temos que ser instrumentos nas mãos de Deus e propagar seu amor entre as pessoas que ainda não o conhecem, ou seja, para os perdidos. Portanto, cumpramos o ofício que nos foi dado, pregar à toda criatura. Você está fazendo isso?

 

Marcos 16:15: E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.

Precisamos compreender que todos o céu se alegra quando uma vida encontra o caminho da verdade, quando um pecador se arrepende. Dessa forma, assim como os céus, devemos compreender o quão gratificante é ver que uma pessoa teve sua vida mudada por causa das boas novas que ouviu.

 

Lucas 15:7: Digo-vos que assim haverá alegria no céu por um pecador que se arrepende, mais do que por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento.

Quando a bíblia fala que os céus se alegram, está incluindo o próprio Deus. Ele não quer que ninguém seja condenado, que nenhuma pessoa morra sem sua salvação. Ele quer que todos se arrependam.

Ezequiel 18:23: Desejaria eu, de qualquer maneira, a morte do ímpio? diz o Senhor DEUS; Não desejo antes que se converta dos seus caminhos, e viva?

 

2 Pedro 3:9: O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se.

Nesta passagem também observamos a referência a uma mulher que perdeu sua dracma e a procurou com muita diligência, com muito cuidado, como se estivesse procurando algo de muito valor. Ela deve ter utilizado de todos os recursos disponíveis para encontrá-la. E quando conseguiu se alegrou muito.

 

A dracma tinha dois significados principais, o primeiro estava relacionado a um valor de um dia inteiro de trabalho, era uma espécie de moeda daquela época. Também tinha outro significado, que era o de um enfeite de uma grinalda, que deixava a mulher mais embelezada.  Em ambos os sentidos a dracma representa uma coisa de valor.

 

Quando uma mulher perdia uma dracma significava dizer que ela era desleixada e não era cuidadosa com as coisas valorosas, por isso, está mulher estava tão preocupada em encontrar a dracma perdida.

 

Assim como essa mulher teve o cuidado de tentar achar seu bem preciso, possamos fazer o mesmo. Não podemos perder nossa coroa. Temos que guardar o que temos para que ninguém roube.

 

Apocalipse 3:11: Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa.

Diferentemente de Jesus que veio buscar e salvar o diabo veio para roubar, matar e destruir.

 

João 10:10: O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.

O principal objetivo de Satanás consiste em nos roubar o que nos é mais preciso: nossa paz, saúde, finanças, alegria, liberdade, comunhão e principalmente a salvação. Sendo assim, para nós a representatividade dessa dracma não se restringe a apenas algo de valor financeiros, mas tudo isso que o diabo tenta roubar de nós.

 

Neste sentido, poderemos compreender que a dracma pode representar qualquer coisa de valor que devemos conservar, guardar e manter. Caso tenhamos perdido algo de valor, ou seja, alguma dracma, precisamos buscar de forma diligente até encontrar. Vamos falar um pouco de algumas dracmas que são importantes para nossa vida:

 

A DRACMA DA ALEGRIA

Todos nós passamos por momentos em que perdemos até a alegria de viver ou de estarmos na igreja. É claro que esse sentimento é amenizado quando temos o Espírito Santo de Deus em nossas vidas. É importante buscar a renovação espiritual para sermos alegres por estarmos vivos e servindo ao Senhor.

 

Salmos 122:1: Alegrei-me quando me disseram: Vamos à casa do Senhor.

 

Neemias 8:10: …portanto não vos entristeçais; porque a alegria do Senhor é a vossa força.

 

Até quando passamos por frustrações temos que estar alegres no Senhor:

 

Tiago 1:2-3: Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança.

DRACMA DA SAÚDE

Uma das coisas que mais devemos pedir ao Senhor é por nossa saúde. É muito ruim quando estamos à mercê de nossas debilidades e fraquezas físicas e espirituais. Muitas pessoas só reclamam que são doentes e que nunca estão em pleno gozo de sua saúde e muitas delas até se acostumam com isso. É bom sabermos que no céu não terá nada disso.

 

Apocalipse 22:2: No meio da sua praça, e de um e de outro lado do rio, estava a árvore da vida, que produz doze frutos, dando seu fruto de mês em mês; e as folhas da árvore são para a saúde das nações.

Sei que ainda não estamos no céu e por isso teremos que estar convivendo com esses problemas aqui, mas não esqueçamos de que Jesus levou sobre si nossas enfermidades e dores.

 

Isaías 53:4: Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.

DRACMA DAS FINANÇAS

 

A questão financeira é sempre muito delicada. É fato que também existem problemas dessa natureza ocorrendo nas casas dos cristãos. Muitos estão sem sabedoria e organização, quando se trata dos gastos mensais. Temos visto pessoas gastando mais do que ganham e depois põe culpa no diabo ou no devorador, porque no final do mês não sobra mais nada e as dívidas só fazem aumentar. Quando estamos edificados na rocha teremos até sabedoria financeira (Lucas 6: 48-49).

 

Se nos faltar sabedoria em qualquer área de nossas vidas, inclusive a financeira, deveremos pedir sabedoria ao Senhor.

 

Tiago 1:5: Se algum de vocês tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá livremente, de boa vontade; e lhe será concedida.

 

DRACMA DA PAZ

 

Muitas pessoas a muito tempo não sabem o que é a paz em seus lares, no trabalho ou na vizinhança. As vezes a falta de paz nos tira até o sono. O salmista Davi dizia que em paz ele se deitava e logo dormia, porque tinha a paz de Deus em seu coração.

 

Salmos 4:8: Em paz também me deitarei e dormirei, porque só tu, Senhor, me fazes habitar em segurança.

 

Precisamos deixar de ser ansiosos por causas das coisas deste mundo e passar a confiar mais em Deus para termos a sua paz.

 

João 14:27: Deixo a paz a vocês; a minha paz dou a vocês. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbe o seu coração, nem tenham medo.

Filipenses 4:6-7: Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cristo Jesus.

DRACMA DA LIBERDADE

 

A liberdade pode ser algo que ninguém diz que não tem. Mas existem muitos tipos de escravidão que nos tiram a liberdade. Uma delas é o pecado. Porém é necessário compreendermos que o espírito de Deus é quem nos dá a liberdade que necessitamos e onde Ele estar há liberdade.

 

2 Coríntios 3:17: Ora, o Senhor é o Espírito; e onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade.

 

O senhor Jesus sempre nos chama para que possamos ser livres.

 

João 8:36: Portanto, se o Filho os libertar, vocês de fato serão livres.

Gálatas 5:1: Foi para a liberdade que Cristo nos libertou. Portanto, permaneçam firmes e não se deixem submeter novamente a um jugo de escravidão.

DRACMA DA COMUNHÃO

Muitos cristãos hoje só querem dizer que frequentam uma igreja, mas não que são participantes da obra ou que participam das orações e dos propósitos de ajudar quem necessita. Poucos são os que tem prazer em estar em oração e constantemente lendo a bíblia.

 

É necessário resgatarmos a comunhão com Deus e com nossos irmãos. O segredo para isso é andarmos na Luz do Senhor.

 

1 João 1:7: Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado.

 

Salmos 133:1: Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união.


Efésios 4:32
: Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo.

 

DRACMA DO AMOR

 

Todas as dracmas faladas até agora são de extrema importância. Mas, sem sobra de dúvidas, a dracma do amor é a mais importante. O amor é coisa maravilhosa e é necessário preservá-lo. Paulo já dizia que ainda que façamos muitas coisas, se não tivermos amor nada somos (1Co 13).

 

Dentro da igreja também é necessário conservarmos o amor para não fazermos como os irmão de Éfeso.

 

Apocalipse 2:4: Tenho, porém, contra ti que deixaste o teu primeiro amor.

Para termos o verdadeiro amor devemos estar sempre em Deus, pois dele vem o verdadeiro amor, uma vez que Ele é o próprio amor.

 

1 João 4:16: E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. Deus é amor; e quem está em amor está em Deus, e Deus nele.

CONCLUSÃO

Com este estudo sobre a dracma perdida compreendemos que o senhor Jesus quer que todos nós sejamos salvos. Por isso há tanta alegria no céu quando um pecador se arrepende. Para não perdermos nossa coroa de salvação é necessário preservarmos nossos dons e talentos dados por Deus. E se por acaso perdermos algo de precioso dado por Deus, ou seja, uma “dracma espiritual”, que possamos buscá-la diligentemente, como nos ensina o Senhor Jesus.

 

Além disso, precisamos compreender a necessidade de falarmos para as pessoas que o amor de Jesus salva e livra da morte. Devemos orar para que o Espírito Santo de Deus possa nos dar o entendimento sobre o desejo do Senhor que é buscar e salvar os perdidos.

 

 

 

Para mais estudos como esse da dracma perdida, clique aqui para acessar a home do nosso site.

 

Espero que esse estudo tenha sido de grande valia para seu crescimento espiritual. Que Deus te abençoe!

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *