joana e as mulheres que serviam a Jesus

JOANA E AS MULHERES QUE SERVIAM A JESUS

Compartilhe este estudo bíblico

O QUE VEREMOS NO ESTUDO SOBRE JOANA E AS MULHERES QUE SERVIAM A JESUS

Neste estudo, examinaremos os versículos que mostram o exemplo de Joana e as mulheres que serviam a Jesus. Veremos o quão importante foi o ministério dessas mulheres naquela época, quando era muito difícil ser seguidor de Jesus. Vejamos o texto a seguir:

Texto: Lucas 8:1-3

1-E aconteceu, depois disto, que andava de cidade em cidade, e de aldeia em aldeia, pregando e anunciando o evangelho do reino de Deus; e os doze iam com ele,
2-E algumas mulheres que haviam sido curadas de espíritos malignos e de enfermidades: Maria, chamada Madalena, da qual saíram sete demônios;
3-E Joana, mulher de Cuza, procurador de Herodes, e Suzana, e muitas outras que o serviam com seus bens.

As mulheres citadas nestes versículos foram aquelas que receberam cura e atenção especial da parte do Senhor Jesus. Por causa disso, elas eram gratas a Ele. Joana e as mulheres que serviam a Jesus, demonstravam sua gratidão contribuindo e ajudando, inclusive com a alimentação de Jesus e de seus discípulos.

Elas passaram a ser exemplos, não só para mulheres de seu tempo e dos dias de hoje, como para todos os que creem no Senhor. Toda contribuição depositada por elas na obra do Senhor não foi em vão. Até porque a bíblia nos mostra o contrário, que o nosso trabalho na obra de Jesus não será vão.

1 Coríntios 15:58: Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.

Sem falar que ajudar ao próximo também é contribuir com a obra do Senhor.

Mateus 25:40: E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes.

Vamos agora examinar e aprender algumas coisas com os versículos dessa passagem:

1-E aconteceu, depois disto, que andava de cidade em cidade, e de aldeia em aldeia, pregando e anunciando o evangelho do reino de Deus; e os doze iam com ele,

O versículo inicia com: “e aconteceu despois disto”. Na realidade muitas coisas aconteceram. Muitas curas, muitas palavras de conforto e pregação do evangelho da salvação. Essa era a rotina do Senhor e dos seus seguidores. Ele veio a esse mundo para evangelizar, libertar os cativos, curar os doentes. 

Lucas 4:18,19: O Espírito do Senhor é sobre mim, Pois que me ungiu para evangelizar os pobres. Enviou-me a curar os quebrantados de coração, A pregar liberdade aos cativos, E restauração da vista aos cegos, A pôr em liberdade os oprimidos, A anunciar o ano aceitável do Senhor.

Ele também nos incumbiu desta responsabilidade, usando seu nome para evangelizar, curar e libertar:

Marcos 16:15-18: E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.

E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas; Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão. 

Lucas 19:10: Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido.

Muitos imaginam que só seguiam a Jesus apenas seus 12 apóstolos, mas poucos sabem que entre os discípulos havia mulheres que o acompanhavam. Vamos ver no versículo seguinte.

2-E algumas mulheres que haviam sido curadas de espíritos malignos e de enfermidades: Maria, chamada Madalena, da qual saíram sete demônios; 

Tudo começou quando Joana e a mulheres que serviam a Jesus tinham sido curadas por Ele. Elas eram oprimidas por enfermidades e espíritos malignos. Essas mulheres poderiam ter seguido suas vidas normalmente, como fazem muitos dos que alcançam suas bênçãos e se esquecem de continuar em oração e com a vida no altar. Mas, resolveram ser gratas e continuar servindo ao Senhor.

Era bastante comum naquela época as mulheres que tinham muitas posses ou eram casadas com homens ricos ajudarem economicamente os mestres e rabinos.

Mateus 27:55,56: E estavam ali, olhando de longe, muitas mulheres que tinham seguido Jesus desde a Galiléia, para o servir; Entre as quais estavam Maria Madalena, e Maria, mãe de Tiago e de José, e a mãe dos filhos de Zebedeu.

Marcos 15:40,41: E também ali estavam algumas mulheres, olhando de longe, entre as quais também Maria Madalena, e Maria, mãe de Tiago, o menor, e de José, e Salomé; As quais também o seguiam, e o serviam, quando estava na Galiléia; e muitas outras, que tinham subido com ele a Jerusalém. 

Lucas 23:49: E todos os seus conhecidos, e as mulheres que juntamente o haviam seguido desde a Galiléia, estavam de longe vendo estas coisas.

A Maria Madalena citada era natural de um povoado chamado de Magdala, que ficava junto às margens do Mar da Galileia. Muitos acreditam que ela era a mesma pecadora que ungiu os pés de Jesus. Não vemos, porém, menção de que seja esta mulher pecadora (capítulo 7). Mas, que esta foi curada e teve seus demônios expulsos.

Marcos 16:9: E Jesus, tendo ressuscitado na manhã do primeiro dia da semana, apareceu primeiramente a Maria Madalena, da qual tinha expulsado sete demônios.

3-E Joana, mulher de Cuza, procurador de Herodes, e Suzana, e muitas outras que o serviam com seus bens.

O versículo deixa bem claro que Joana era mulher de Cuza. Tudo indica que Cuza era um não judeu que trabalhava como encarregado na parte administrativa dos bens de Herodes Antipas. Este Herodes era o filho de Herodes o Grande. Ele era Idomeu, descendente de Esaú e de algumas misturas com os cananeus. Foi mandante da execução de João Batista.

Marcos 6:27: E, enviando logo o rei o executor, mandou que lhe trouxessem ali a cabeça de João. E ele foi, e degolou-o na prisão;

Naquela época, os Rabinos Judeus ensinavam que as mulheres não deveriam ter contato social com homens. Porém, Joana e as mulheres que serviam a Jesus sempre demonstraram vontade de segui-lo. Jesus, por sua vez, nunca rejeitou ninguém que quisesse o seguir. Pelo contrário, nós devemos seguir esse exemplo das mulheres e buscarmos ao Senhor enquanto podemos achá-lo. 

Isaías 55:6: Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto.

Além disso, temos que priorizar o seu reino em nossas vidas.

Mateus 6:33: Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. 

Com certeza não teremos prejuízos em segui-lo, mas seremos recompensados.

Marcos 10:29,30: E Jesus, respondendo, disse: Em verdade vos digo que ninguém há, que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou campos, por amor de mim e do evangelho, Que não receba cem vezes tanto, já neste tempo, em casas, e irmãos, e irmãs, e mães, e filhos, e campos, com perseguições; e no século futuro a vida eterna.

Quando o seguimos, alcançamos a verdadeira paz e a liberdade plena. Paz e liberdade estas que o mundo não pode nos dar. 

João 14:27: Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.

João 8:36: Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.

Joana, arriscou sua posição social para acompanhar Jesus e os apóstolos. Ela teve de estabelecer mudanças em sua vida diária para poder fazer isso. Devemos saber que todos que querem seguir Jesus, devem instituir mudanças em suas vidas, adequações para priorizar a obra do Senhor. Jesus sempre nos chamou a segui-lo.

Mateus 11:28: Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.

João 8:12: Falou-lhes, pois, Jesus outra vez, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida. 

João 6:35: E Jesus lhes disse: Eu sou o pão da vida; aquele que vem a mim não terá fome, e quem crê em mim nunca terá sede.

Bem sabemos que não é fácil seguir a Jesus, pois nesta caminhada passaremos por muitas aflições. 

Lucas 9:23: E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me.

João 16:33: Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo. 

2 Timóteo 3:11: Perseguições e aflições tais quais me aconteceram em Antioquia, em Icônio, e em Listra; quantas perseguições sofri, e o Senhor de todas me livrou; 

Mas se confiarmos em Cristo, o choro vai passar e seremos mais que vencedores. 

Salmos 30:5: Porque a sua ira dura só um momento; no seu favor está a vida. O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã. 

Romanos 8:37: Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou.

E Joana acreditou nisso, entregou sua vida a obra, ajudando Jesus e seus seguidores com seus próprios bens. Você já se perguntou como Jesus e os discípulos se sustentavam?

Você pode perguntar: então como Joana teria bens, se naquela época raramente mulheres judias possuíam bens? Mas, ela tinha marido e mulher de Deus influencia o marido a ser colaborador da obra. Além do mais, ela poderia ter herdado alguma coisa do pai. Pode ter sido até Joana que doou a roupa cara que Jesus vestia, que era sem costura. Mulher de pescador não teria condições para isso.

A bíblia não diz que Joana era contribuidora apenas financeira, mas ela se doava na obra e era de coração. Como você mulher está se doando na obra? É de coração? É com alegria? Joana e as outras mulheres contribuíam não com tristeza, mas, sim, com alegria. Deus ama quem dá com alegria.

2 Coríntios 9:7: Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.

Joana acompanhou Jesus até sua morte. Ela se juntou com as outras mulheres (Maria mãe de Tiago e João, Maria Madalena, Salomé e Suzana) e o acompanhou desde a Galilélia. Depois que o corpo de Jesus foi retirado e levado ao túmulo, elas cuidaram da limpeza, dos aromas e óleos perfumados.

Essas mesmas mulheres também viram, no sábado anjos que disseram a elas que Jesus havia ressuscitado. Quem está sempre do lado de Jesus, contempla as suas maravilhas. Se você buscar ao Senhor, Ele estará perto de você.

Salmos 145:18,19: Perto está o Senhor de todos os que o invocam, de todos os que o invocam em verdade. Ele cumprirá o desejo dos que o temem; ouvirá o seu clamor, e os salvará.

É interessante destacar que o livro de Lucas traz informações que não são observados em outros evangélicos sobretudo a respeito de Heródes Antipas. Isso prova que Joana, chamada assim por Lucas, o ajudou nisso. Joana e as mulheres que serviram a Jesus se dedicavam e contribuíam com o seu melhor e foram leais a ele durante as provações. Além de tudo, foram exemplo para as outras mulheres cristãs. E você, tem sido exemplo para os outros?

CONCLUSÃO

Com este estudo sobre Joana e as mulheres que serviam a Jesus podemos perceber que muitas pessoas estão esquecendo de buscar verdadeiramente ao Senhor. E quando fazem isso, geralmente o fazem para alcançar alguma bênção. E quando o objetivo é alcançado, logo esquecem de Deus. Devemos compreender que é imperativo que busquemos incessantemente ao nosso Senhor Jesus, para podermos contemplar suas maravilhas.

Temos que seguir os exemplos de Joana e dessas outras mulheres, que enfrentaram todos os preconceitos e dificuldades, mas demonstraram gratidão e fidelidade a Jesus. Foram ofertantes não só de bens materiais, como de amor para com a obra do Senhor. Que estas palavras possam adentrar em nossos corações para que possamos ser crentes melhores em Cristo Jesus.

Espero que este estudo sobre Joana e as mulheres que serviam a Jesus tenha sido de grande valia para sua vida espiritual. Que Deus te abençoe!

Mais estudos como este de Joana e das mulheres que serviam a Jesus, acesse a home de nosso site, aqui.

 

 

4 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *